fotocycle [215] qualquer coisa de sebastiânico

paulofski @ na bicicleta

Publicado em 23/09/2017 às 10:10

Temas: motivação ciclismo urbano ciclistas urbanos do Porto devaneios a pedais fotografia passeio Porto Tripas

Há manhãs em que o Porto acorda sem sol, no prenúncio matinal de uma típica canícula, numa viagem nublada com intenso sabor de Porto, que é da cor que o olhar entender ver nele, onde o passeio à beira-mar sob a clássica Pérgola sabe melhor.


 

A sessão de “aquecimento” do CycleHack Lisboa 2017 foi muito...

@ CycleHack Lisboa 2017 | Design, build, prototype, test

Publicado em 22/09/2017 às 22:33

Temas: cyclehacklisboa2017 cyclehacklisboa cyclehack

tumblr_owpdclVQ7Z1vvhyv6o5_500.jpg
Tour das máquinas

tumblr_owpdclVQ7Z1vvhyv6o2_500.jpg
Paulo Vaz, pela Escola de Ciclismo Coelhinhos

tumblr_owpdclVQ7Z1vvhyv6o3_500.jpg
Mónica Lopes, pela FMH

tumblr_owpdclVQ7Z1vvhyv6o1_500.jpg
João Barreto, pela Biklio

tumblr_owpdclVQ7Z1vvhyv6o4_500.jpg
Miguel Barroso, pelo "Livro da Bicicleta"

A sessão de “aquecimento” do CycleHack Lisboa 2017 foi muito interessante e participada. 

Começou com uma pequena “tour” das máquinas da Fábrica Moderna que poderíamos usar durante o hackathon, dada pelo Bruno Maurício. Depois tivémos algumas apresentações. 

O Paulo Vaz veio falar da Coelhinhos - Escola Clube de Ciclismo de Lisboa, uma solução implementada a nível curricular em algumas escolas para a barreira ao uso da bicicleta que é as crianças não saberem andar de bicicleta.

A Mónica Lopes veio falar do projecto de bicicletas adaptadas da Faculdade de Motricidade Humana, que visa ajudar pessoas com necessidades especiais (cegos, amputados, paraplégicos, etc) a usufruir da bicicleta para actividade física e lazer.

O João Barreto veio apresentar a nova app Biklio, que pretende contrariar a falta de incentivos externos ao uso da bicicleta. Nesta comunidade as lojas beneficiam quem vem de bicicleta, e os utilizadores de bicicleta recompensam essas mesmas lojas dando-lhes preferência.

O Miguel Barroso veio falar d’O Livro da Bicicleta, um livro que pretende ajudar a ultrapassar as barreiras iniciais, de não saber bem como fazer e por onde começar.

Finalmente a Ana Pereira, da Bicicultura.org, aproveitou para falar d’A Casa da Bicicultura, um projecto de centro cultural para incubar e acelerar a cultura de uso da bicicleta em Lisboa, que sintetiza lindamente as áreas /barreiras / soluções abordadas pelos intervenientes que a precederam: educação, acessibilidade e comunidade.

A seguir os participantes foram convidados a partilhar algumas das barreiras que sentem ao uso da bicicleta em Lisboa, e pendurá-las no estendal. Os resultados foram estes:

  • subidas
  • desconforto físico (selim, problema físico específico)
  • suor / inexistência de balneários no trabalho
  • dificuldades de estacionamento em casa (elevadores pequenos, inexistência de estacionamento seguro, falta de espaço seguro na garagem)
  • má qualidade da infraestrutura (carris, lancis, lacunas na rede) 
  • mau planeamento urbano e gestão de tráfego (carros a mais, falta de educação e fiscalização)
  • chuva, ou incerteza se fará bom tempo para ir de bicicleta 
  • intermodalidade difícil com os transportes públicos (falta de locais próprios para as bicicletas no metro, acessibilidade deficiente nas estações e interfaces da CP, interdição na CARRIS)
  • ter um carro à disposição e estacionamento fácil e grátis ou barato

Depois, fomos todos dormir sobre o assunto, para gerar ideias para cyclehacks a criar na manhã seguinte!

 

Semana da Mobilidade Tagus Park

@ Eu e as minhas bicicletas

Publicado em 21/09/2017 às 10:23

Temas:

6ddb1043-78e5-4c22-aa86-792bd123b42b.jpg

Há coisa de mês e meio mandei um mail ao Tagus Park a propôr que na Semana Europeia da Mobilidade fizessem algum tipo de evento na praça central com stands e empresas de bicicletas e com algumas sugestões de street food para dar vida a este espaço e sair da monotomia que este campus se tem tornado...

Caros,

Tendo em conta a atual mudança de sensibilidades na sociedade em prol de meios de mobilidade activa, sustentável, acessível e com benefícios de saúde e monetários, gostaria de sugerir que desafiassem algumas empresas para virem fazer um demo-day na reentreé após o período de férias no espaço público da praça central do Núcleo Central no Tagus Park.

A sugestão é um conjunto de empresas ligadas à mobilidade em bicicleta possam vir expôr alguns modelos e convidar os profissionais que trabalham no Tagus Park a experimentar.
Com a devida divulgação, basta um dia das 11h às 13h para apanhar a hora de almoço que é onde há mais fluxo pedonal.

Há de certeza muitas pessoas que podem um dia substituir o carro pela bicicleta e isso levaria a uma diminuição do fluxo de transito que todos os dias entupe as artérias do campus.

Algumas empresas que poderiam ser contactadas para estarem presentes num Bicycle Demo Day:
(nomes de algumas empresas e lojas)
entre muitas outras...

Seria também uma forma de demostrar dinamismo no parque de tecnologia que se encontra muito isolado e sem acesso a este tipo de comunicação/exposições.

Acrescento que para além das empresas de bicicletas, que viriam expor e permitir que as pessoas que cá trabalham e estudam pudessem ter informações e até experimentar, poderiam contactar algumas empresas de street-food para estarem presentes, como por exemplo algumas das que estão aqui mencionadas:
https://www.timeout.pt/lisboa/pt/restaurantes/as-melhores-carrinhas-de-street-food-em-lisboa

De 15 a 22 de setembro é a Semana Europeia da Mobilidade pelo que fazer algures nessa semana seria o ideal para motivar as pessoas a que mudem o chip e arrisquem a usar meios alternativos. 
(ver anexo)
https://www.apambiente.pt/index.php?ref=19&subref=138&sub2ref=168&sub3ref=173

O "Bike to work day" na Semana da Mobilidade este não está definido :(

O "cycling work day" nos USA é a 13 de setembro: https://www.cycletoworkday.org/

Fica a sugestão...

Cmpts


Hoje dia 19 de setembro em plena Semana Europeia da Mobilidade lá estava a praça a ser ocupada por aquilo que alguns ainda acham que será o futuro... quando há muito que já deveriamos estar a optar por outras soluções de mobilidade...

IMG_20170919_131556.jpg

IMG_20170919_131637.jpg

Lançamento do novo modelo da Opel, ainda por cima com o conhecimento que hoje já existe, com motorizações a diesel...

Obviamente que a marca não tem culpa, está a fazer o seu negócio, mas os nossos responsáveis, sejam políticos sejam de entidades privadas, continuam com o foco errado no que concerne à mobilidade.

Screenshot_20170919-175342.pngScreenshot_20170919-175522.png

Eu vou de bicicleta, mas os outros ficam ali cada um na sua latinha a espumar da boca para fazerem 500 mts em 15 a 20 minutos!!

Ás 19h00 pelos vistos estava ainda melhor! (segundo um colega meu que me enviou o print)

WhatsApp%2BImage%2B2017-09-20%2Bat%2B18.40.28.jpeg

 

Biklio, a “app” que recompensa quem vai de bicicleta, chega a Braga

Braga Ciclável @ Braga Ciclável

Publicado em 19/09/2017 às 7:10

Temas: Notícias ACB Bicicleta Biklio Comércio descontos lojas Município de Braga Promoção pelo comportamento

O Biklio é uma app que atribui reconhecimentos aos utilizadores de bicicleta por melhorarem a sua cidade, ligando-os a benefícios oferecidos por negócios locais. Foi lançada no dia 16 de setembro e está em vigor em Braga, sendo que até dezembro está numa fase experimental da aplicação, estando os incentivos a já funcionar em pleno. A app conta com a promoção por parte do Município de Braga e da Associação Comercial de Braga.

Depois de instalada a aplicação, o utilizador deve escolher uma cidade onde vai iniciar uma campanha (neste caso será Braga). A partir daí a app reconhece se o utilizador está a andar de bicicleta ou não. Caso esteja e passe por “spots” que oferecem recompensas, então o utilizador é notificado e poderá reclamar essa recompensa.

Os comerciantes podem inserir o seu estabelecimento na aplicação, bateando aceder a www.biklio.com/braga e selecionando “É um spot? Clique aqui”. Depois necessita de se registar, localizar, descrever o seu spot e definir qual o benefício que um utilizador da bicicleta vai receber ao deslocar-se com esse veículo ao seu estabelecimento.

Braga já possui, neste momento, mais de três dezenas de estabelecimentos registados na aplicação, a oferecer múltiplas regalias a quem se desloca de bicicleta, sendo a maioria um desconto na compra a realizar.

O Biklio é uma app desenvolvida pela TIS.pt e pelo INESC-ID – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores Investigação e Desenvolvimento, uma iniciativa inserida no Projecto TRACE – Walking and Cycling Tracking Services, financiado pelo H2020, e pelo projeto Civitas2020. A aplicação é gratuita e está disponível para Android e para iOS.

 

Vale a pena Braga participar na Semana Europeia da Mobilidade?

Luís Tarroso Gomes @ Braga Ciclável

Publicado em 16/09/2017 às 16:10

Temas: Opinião Bicicleta Braga Braga Cycle Chic European Mobiluty Week Semana Europeia da Mobilidade Sharing

Um dos primeiros textos que escrevi neste Diário foi sobre o Dia Europeu Sem Carros, num artigo assinado pelo ProjetoBragaTempo em 2001 (ano em que Braga aderiu ao dia pela primeira vez). Esta iniciativa, promovida pela UE, integra atualmente um programa mais vasto denominado «Semana Europeia da Mobilidade». O objetivo é ajudar-nos a perceber os danos causados pelas tendências atuais de mobilidade – poluição ambiental e sonora, congestionamento, acidentes rodoviários, problemas graves de saúde – e forçar as cidades a definir novas políticas, testando alternativas e implementando medidas permanentes a favor de deslocações menos agressivas ou verdes. O tema em 2017 é a «Mobilidade Verde, Partilhada e Inteligente».

Propus-me escrever sobre a iniciativa bracarense mas à hora que escrevo este texto (tarde do dia 14) não está ainda disponível o programa da Semana Europeia da Mobilidade 2017 que começa hoje (dia 16). Não duvido que venha a existir, até porque a cidade está inscrita no site europeu. A falta de divulgação atempada reduzirá o impacto que uma iniciativa arrojada como esta deveria causar. Braga é uma cidade perfeita para estas iniciativas porque não sendo muito extensa tem um problema sério de excesso de trânsito e de poluição que decorre em grande medida da falta de alternativas ao automóvel particular.

Decorridos 16 anos sobre aquele texto, a primeira semelhança que noto é precisamente esta: hoje, como em 2001, a iniciativa é organizada em cima da hora. E não há razão para isso. No site www.mobilityweek.eu está disponível inúmera documentação, incluindo manuais com exemplos de dezenas de iniciativas e soluções possíveis. Fica claro, portanto, que as questões relacionadas com mobilidade e principalmente as consequências de uma mobilidade assente quase em exclusivo no automóvel particular poluente, não constituem uma preocupação séria do Município. E com séria quero dizer consistente, consciente e progressiva. Aderir à Semana Europeia da Mobilidade faz sentido se corresponder a uma política estratégica e a uma visão inovadora e mais ecológica da cidade. Se se trata apenas de figurar na lista das cidades aderentes, não vale a pena perder tempo.

Não havendo programa a tempo, temos a III edição do Braga Cycle Chic com encontro marcado hoje às 14h30 na Arcada! Este evento organizado pela Associação Braga Ciclável pretende mostrar que é possível utilizar a bicicleta usando a roupa do dia-a-dia. Vamos lá?


(Artigo originalmente publicado na edição de 16/09/2017 do Diário do Minho)

 

Braga Ciclável reuniu com Juntos Por Braga

Braga Ciclável @ Braga Ciclável

Publicado em 15/09/2017 às 0:50

Temas: Cronologia Fotos Notícias Opinião Autárquicas Autárquicas 2017 Braga Braga. Autárquicas Eleições 2017 Helena Gomes João Rodrigo Luís Tarroso Gomes Mário Meireles Miguel Bandeira Ricardo Rio Victor Domingos

A Associação Braga Ciclável reuniu esta quinta-feira, dia 14 de setembro, com o candidato da coligação Juntos Por Braga às próximas eleições autárquicas, Ricardo Rio, para apresentação de uma proposta relacionada com a mobilidade urbana sustentável para Braga. Estiveram ainda presentes, da parte da candidatura deste partido, Miguel Bandeira, nº5 da lista candidata à Câmara Municipal, e ainda João Rodrigo, representante da JSD. Trata-se da quarta de uma série de reuniões que a Braga Ciclável tem realizado, com cada uma das forças políticas que concorrem este ano para a eleição do próximo executivo municipal.

A associação esteve representada por Mário Meireles, Victor Domingos e Helena Gomes (membros da Direção), e Luís Tarroso Gomes (membro do Conselho Fiscal), que entregaram pessoalmente ao candidato Ricardo Rio e à sua equipa um breve dossiê com algumas medidas de promoção da utilização da bicicleta e de melhoria da segurança para todos os utentes da via pública. Os utilizadores da bicicleta esperam assim que estas e outras medidas venham a ser incluídas no programa eleitoral deste ano.

As medidas propostas são diversas e vão desde a implementação dos 80 km de rede ciclável, já anteriormente prometidos pela CMB, até à colocação de bicicletários, a sobreelevação de todas as passadeiras para proteção dos peões, a criação de um sistema de bicicletas mecânicas partilhadas, o aumento da frota de bicicletas das forças policiais da cidade, a implementação de programas municipais de incentivo do uso da bicicleta, entre outras.

Uma vez que o dossiê não havia sido entregue previamente, esperamos ainda receber uma resposta oficial da candidatura da coligação após a sua análise mais aprofundada da proposta agora apresentada. No entanto ficou patente, pela conversa decorrente do encontro, que de um modo geral as propostas da Braga Ciclável parecem ir de encontro ao pretendido pela coligação Juntos Por Braga no que concerne à Mobilidade Ciclável.

Na reunião foi ainda garantido por Ricardo Rio que o processo de tranformação de 16 km ruas da cidade estará já avançado, tendo inclusivamente “atingido um ponto de não retorno”, estando “neste momento em fase concursal a criação de mais 16 km de ciclovias”.

Assim fica apenas a faltar a reunião com o candidato do PS, Miguel Corais, reunião que  apenas aguarda o seu agendamento por parte da candidatura.

 

O CycleHack Global 2017 | Lisboa terá lugar na Fabrica Moderna,...

@ CycleHack Lisboa 2017 | Design, build, prototype, test

Publicado em 11/09/2017 às 18:42

Temas: cyclehacklisboa2017 fabricamoderna makerspace 3dprinting

tumblr_ow4pbmzXgw1vvhyv6o1_500.jpg

tumblr_ow4pbmzXgw1vvhyv6o2_500.jpg

CycleHack Global 2017 | Lisboa terá lugar na Fabrica Moderna, e os participantes terão à sua disposição:

- impressora 3D
- impressora 3D de grande formato (área de impressão 80x80x80)
- corte e gravação laser – madeiras/acrílicos
- fresadora CNC – madeira essencialmente

E voluntários para ajudar a usar as máquinas. Só têm que levar os consumíveis!  

Não se esqueçam de reservar o vosso lugar, as inscrições estão quase a fechar! 

 

III Braga Cycle Chic

Zé Gusman @ Braga Ciclável

Publicado em 7/09/2017 às 12:12

Temas: Opinião Bicicleta Braga Braga Cycle Chic Cycle Chic Diário do Minho evento Mikael Colville-Andersen passeio Zé Gusman

No próximo dia 16 de setembro, a Associação Braga Ciclável organizará a terceira edição do Braga Cycle Chic. Nos dois anos anteriores, este evento juntou, em cada ano, mais de duas centenas de pessoas a pedalar pelo centro da cidade de Braga, com uma indumentária mais do que adequada para a utilização da bicicleta.

É exatamente neste ponto que se centra o conceito de Cycle Chic. Não tendo subjacente qualquer ideia elitista, este evento pretende contrariar uma visão centrada apenas na vertente desportiva da bicicleta, promovendo a sua utilização diária e mostrando que ela é uma excelente companhia para o dia-a-dia. A origem do Cycle Chic, remete a um blogue de Copenhaga criado em 2007, por Mikael Colville-Andersen, que olha para a bicicleta como um útil instrumento de uso diário.

Esta visão aproxima a bicicleta da ideia utilitária que levou à sua invenção em finais do século XIX, e que, nos nossos dias, se revela como um remédio antigo para problemas novos. Hoje, as cidades albergam mais de metade da população mundial e são responsáveis por mais de 70% das emissões globais de dióxido de carbono para a atmosfera, uma parte significativa associada aos meios de transporte. É então nas cidades, onde deve ser feito o maior esforço no combate às alterações climáticas, nomeadamente com alternativas ao transporte motorizado, como a bicicleta. Não há, por isso, nenhuma razão para que Braga seja exceção.

Ao longo dos últimos anos, a Braga Ciclável tem levado a cabo diversas ações que visam promover a utilização da bicicleta na cidade de Braga. O III Braga Cycle Chic do próximo dia 16 será certamente um agradável convívio que demonstra rá a possibilidade e as vantagens da utilização da bicicleta como meio de transporte diário. O evento será pelas 14h30m, na Praça da República (Arcada), com inscrição gratuita, mas obrigatória (ver página Facebook da Braga Ciclável). É aberto a todos!


(Artigo originalmente publicado na edição de 02/09/2017 do Diário do Minho)

 

Passatempo Fotografia

miguelbarroso @ Lisbon Cycle Chic

Publicado em 4/09/2017 às 15:58

Temas: Uncategorized bicicleta Cycle Chic O Livro da Bicicleta passatempo

Queres ganhar um exemplar de O Livro da Bicicleta?

O verão está a chegar ao fim, e o Lisbon Cycle Chic com o apoio de A Esfera dos Livros, irá oferecer um exemplar ao autor da melhor fotografia destas férias!

E para ser a melhor fotografia, tem de estar relacionada com bicicletas, certo? Vamos a isso!

REGRAS:

1. Publiquem a fotografia a concurso no vosso mural do Facebook, com definições de privacidade “pública”.
2. Na descrição da fotografia, copiar o seguinte texto (incluindo o link para o passatempo):

PASSATEMPO FOTOGRAFIA
“O Livro da Bicicleta”
https://www.facebook.com/LisbonCycleChic/posts/1627675100589608

3. Colocar um comentário na publicação no Facebook do Lisbon Cycle Chic, com o link para a vossa fotografia.
4. Cada pessoa pode participar com várias fotografias, cumprindo sempre as regras anteriores para cada imagem (que deve ser publicada individualmente).
5. O passatempo termina às 23h59 de 6ª feira, dia 8 de Setembro de 2017.
6. A melhor fotografia será selecionada e publicada na semana seguinte pelo Lisbon Cycle Chic, e o autor premiado com um exemplar de O Livro da Bicicleta (oferta da Esfera dos Livros).
7. Poderá haver mais do que um vencedor 😉

Ficamos à espera

 

III Braga Cycle Chic

Braga Ciclável @ Braga Ciclável

Publicado em 1/09/2017 às 12:20

Temas: Eventos Braga Cycle Chic Cycle Chic European Mobility Week III Braga Cycle Chic Semana da Mobilidade Semana Europeia da Mobilidade

A terceira edição do Braga Cycle Chic, este ano integrada na Semana Europeia da Mobilidade, está agendada para o próximo dia 16 de Setembro. O evento, organizado pela Associação Braga Ciclável, com o apoio do Município de Braga, pretende mostrar como é possível utilizar a bicicleta na cidade, usando roupa do dia-a-dia.

Este ano o evento conta com uma parceria e participação muito especiais. Trata-se do NEE’d for Dance, um projeto de carácter solidário, com a finalidade de estimular e trabalhar competências motoras, cognitivas, comunicativas, afetivas e emocionais, de bebés, crianças, jovens e adultos com necessidades especiais e assim demonstrarem todo o seu potencial à sociedade. Portanto, quem melhor para nos mostrar o longo caminho a percorrer no que respeita a mobilidade inclusiva?

A participação é gratuita, mas poderá fazer um donativo para que o NEE’d for Dance possa continuar a crescer e levar esta oportunidade a cada vez mais pessoas com deficiência. Porque acreditamos que podemos mudar o mundo, pedalada a pedalada, acreditamos também que podemos mudar o mundo ajudando o próximo.

Uma tarde a passear com estilo, de bicicleta, pelo centro histórico de Braga, sempre na zona pedonal, com paragens em vários pontos da cidade, é a proposta da Braga Ciclável para celebrar a bicicleta como meio de transporte após cerca de 250 pessoas terem marcado presença na segunda edição. Quem não tiver bicicleta, poderá reservar uma antecipadamente.

ATENÇÃO:

Inscrição gratuita, mas obrigatória, em: www.eventbrite.pt/e/bilhetes-iii-braga-cycle-chic-36975676243

 
Página 1 de 46 | Seguinte >>