Descobri "a" oficina!

@ Eu e as minhas bicicletas | 28/01/2015 às 17:56

Temas: [ algés ] [ bicicletas ] [ bicicultura ] [ oficina ]

Já tive de levar a Felicidade a várias oficinas para tratar de maleitas e melhorias.

Eu não percebo nada de mecânica pelo que gosto pouco de me aventurar a mexer nas minhas meninas... ainda estrago alguma coisa!

Começando pela loja onde a comprei, em Setúbal, que só lá fui para tratar de temas que estavam ao abrigo da garantia, e mesmo assim deixou muito a desejar no trato dos problemas, apesar de que em termos de revisão e afinação fiquei satisfeito qb com o mecânico.

O meu amigo mecânico tb já me deu uma ajudinha, e tirou-me uma folga que tinha no eixo pedaleiro mantendo a peça original e deu uma ajuda a afinar a bicicleta logo nos primeiros kms, mas não gosto de abusar do tempo dos amigos que já quase não tem disponibilidade.

Já a levei aqui a Lisboa a uma oficina da moda, onde o trato do mecânico foi algo "primadonna" pois ficou cheio de atrofios: "Pá, não consigo trabalhar contigo aqui em cima de mim, não dá..." - e eu estava apenas a explicar o que precisava de ser feito, era hora de almoço e só queria deixar a bina e saber se a podia ir buscar ao final do dia, enfim... Ficou de encomendar uma peça para a bicicleta que não tinha lá e depois ligava... passaram meses! Até hoje nada! Cruz na porta, no more!

Depois tive o azar de partir o dropout, telefonei e mandei mail a uma série de lojas e oficinas, era agosto e tudo fecha, pelo que ia ser complicado e o camandro e o caraças. Fui a uma oficina que me indicaram, em que os donos foram de um trato fenomenal, muito simpáticos e prestáveis. Mas a oficina é mais vocacionada para bicicletas de BTT e estradeiras de fim de semana. Não tem vocação para city bikes. Lá me resolveram o tema do dropout, mas até hoje não me mandaram a fatura e pedi um segundo dropout para ter de reserva, iam encomendar e depois telefonavam... até hoje nada! Deve ser defeito de profissão...
O mecânico conseguiu resolver o problema do dropout e ainda me arranjou o desviador senão tinha de levar um novo, mas as mudanças não ficaram lá grande coisa. Não levam com cruz na porta, mas não sei se voltarei lá.

O meu amigo e vizinho também já me deu uns jeitos na bicicleta, nomeadamente deu-me um avanço que montamos num instante o que me deu uma melhor posição de condução.

Nas últimas semanas tenho sentido o eixo pedaleiro a chiar e começou a ganhar uma folgazita, como previsível. Além disso o travão V-brake traseiro estava a reagir mal.

Um amigo já me tinha recomendado ir ali a Algés onde na mesma rua há uma série de oficinas à antiga e então decidi experimentar levar a uma "nova" oficina. Nova é como quem diz, pois deve ser uma loja bem velhinha, pelos vistos com mais de 30 anos, segundo este artigo:
http://www.dinheirovivo.pt/buzz/interior.aspx?content_id=3881380

Fui lá deixar a bicicleta no sábado ao final da manhã, já perto da hora de almoço, fui muito bem atendido pelo Sr. Nogueira (presumo, não lhe perguntei o nome) que me disse logo o que tinha e não tinha de material, deu logo um orçamento e uma data de entrega.
Deixei a bina entregue a quem percebe e fui lá buscar quando eu tive disponibilidade. Estava tudo como pedido, ainda afinou/apertou e limpou a bicicleta :)

Hoje a Felicidade parecia outra, o movimento não tem mais folgas e o travão traseiro parece que faz novamente a sua função com calços novos e bem afinados!

A lojinha/oficina é mesmo retro/vintage e é pena não estar mais bem situada, com uma limpeza e melhorias poderia ser mais apelativa, mas se calhar perdia o seu encanto... aqui não se arranjam bicicletas a granel, mas sim com devoção e perícia!

Acho que já encontrei "a minha oficina"!

OficinaAlges.jpg


Rua Dom Jerónimo Osório, em Algés
https://www.google.pt/maps/@38.700254,-9.22555,3a,75y,216.8h,64.01t/data=!3m4!1e1!3m2!1sqTtUZZMNQO0IwU0lTibdSA!2e0?hl=en
-----------------------------

ciclovia para a freguesia

paulofski @ na bicicleta | 28/01/2015 às 10:31

Temas: [ divulgação ] [ bicicultura ] [ ciclovia ] [ estacionamento ] [ Matosinhos ] [ motivação ] [ noticia ] [ Odivelas ] [ Olhão ] [ outras coisas ] [ passeio ]

Meio milhão de euros para rede de ciclovias

Ciclovias de Matosinhos“A Câmara de Matosinhos aprovou hoje a execução das ciclovias da Quadra Marítima, parte integrante da rede para incentivar a utilização da bicicleta como transporte alternativo, um investimento que vai ascender ao meio milhão de euros.

A proposta de execução da geometria dos traçados das ciclovias da Quadra Marítima de Matosinhos, distrito do Porto, foi hoje aprovada, por unanimidade, na reunião pública do executivo, sendo “estratégia incentivar a utilização da bicicleta e de outros meios suaves de transporte como alternativa ou complemento do transporte público de grandes massas”.

A autarquia considera, por isso, “imprescindível promover, conservar, ligar e ampliar o atual sistema cicloviário municipal”.

À agência Lusa, o vereador comunista com o pelouro da Mobilidade e Transportes, José Pedro Rodrigues, antecipou que este investimento poderá ascender a meio milhão de euros, admitindo que as primeiras intervenções para que estas ciclovias sejam uma realidade possam começar na primavera.

Das obras necessárias para a concretização das ciclovias da Quadra Marítima fazem parte pinturas, construção de rotundas e requalificações de pisos, havendo intervenções mais amplas em vias como a Avenida Serpa Pinto ou a Rua Heróis de França.”

(ler em www.dn.pt)

Oeiras inaugura pista pedociclável

Ciclovia Oeiras“A Câmara Municipal de Oeiras inaugurou, no dia 24 de janeiro, a primeira fase da pista pedociclável que liga Algés à Cruz-Quebrada. Este investimento municipal de 115 mil euros traduz-se numa via de 950 metros de extensão. Com três metros de largura, “ampliável para uma largura superior, caso o seu uso assim o justifique”, refere a autarquia. A pista liga a zona da estação da Cruz Quebrada e do Parque Desportivo do Jamor, à zona ribeirinha de Algés, num traçado paralelo e a sul da linha de caminho-de-ferro. A ciclovia ribeirinha de Algés irá, de futuro, dar continuidade ao previsto prolongamento do Passeio Marítimo, entre a zona da curva do Mónaco e a Cruz Quebrada.”

(ler em www.transportesemrevista.com)


Dez novos estacionamentos para bicicletas vão ser inaugurados

olhao bicicletas“Estimular hábitos mais saudáveis junto da população continua a ser um propósito da junta de freguesia de Olhão, que inaugura no próximo domingo, 1 de fevereiro, dez novos estacionamentos para bicicletas em pontos estratégicos da freguesia.

O evento terá início às 11:00 horas, junto à sede da freguesia de Olhão (rua General Humberto Delgado, frente ao terminal rodoviário) e integra atividade física para todos: caminhada e passeio de bicicleta.

A caminhada será orientada pelo ex-atleta olímpico Helder Oliveira, num percurso de 4 km com dois níveis de andamento: médio e fácil.
Nas bicicletas, o guia será António Cerejo, nome bem conhecido do BTT, num percurso urbano fácil de 7 km.

Estes novos apoios para bicicletas em aço inox, num formato intercalado de meia-lua e círculo, permitem uma otimização do espaço, permitindo estacionar sete veículos em segurança.”

(ler + em http://algarve24.pt)


-----------------------------

ciclofilia [124] Ride like a girl

paulofski @ na bicicleta | 27/01/2015 às 9:00

Temas: [ ciclofilia ] [ 1 carro a menos ] [ bicicultura ] [ Canadá ] [ ciclismo urbano ] [ coisas que vejo ] [ dicas ] [ filme ] [ na neve ]

 

“Don’t be a wuss, ride like a girl. Magali Bebronne, Vélo Quebec spokesperson for winter cycling, gives a few tips on winter cycling in Montreal, on Friday, January 16, 2015.”


-----------------------------

A sinalização de manobras pelos ciclistas

Ana Pereira @ Cenas a Pedal - Escola de Bicicleta | 26/01/2015 às 8:47

Temas: [ Condução de bicicleta ] [ Dicas para condutores de automóvel ] [ bicicultura ] [ comunicação ] [ podcast ] [ sinais ] [ sinalização ]

Eu sinalizo sempre, porque nunca se sabe.

Como é que um ciclista pode, ou deve, sinalizar as suas manobras? Que manobras é que requerem sinalização? Como garantir que a mensagem passou? Como garantir que é seguro prosseguir com a manobra? O que pode correr mal ao sinalizar uma manobra com os braços? Oiçam este podcast na Rádio Estrada Viva e vejam se cometem o principal erro ali descrito.

-----------------------------

Inauguração de "Pedociclovia" de Algés

@ Eu e as minhas bicicletas | 25/01/2015 às 14:41

Temas: [ algés ] [ bicicletas ] [ bicicultura ] [ ciclovia ] [ marginal ]

O convite estava feito pelo presidente da CMO... e hoje foi então inaugurado o troço da "pedociclocoisa" em Algés. 


0.jpg

Os engravatados da CMO foram de carro obviamente.


10941041_821124557946562_434572209203916

Eu tinha acabado de deixar a bina na oficina para mudar o eixo pedaleiro e fui lá correr. 

Está muito melhor do que estava mas é mais um projecto sem cabeça, não tem iluminação o que à noite vai ser giro. Não serve como catalizador da bicicleta e vai ser um equipamento para fins lúdicos aos fins-de-semana apenas.


1800194_821124337946584_3017290879632132

10403136_821124474613237_242250994832808

10945019_821124524613232_523262610809786

O presidente falou o politicamente correto mas as baboseiras de sempre. Alguém perguntou "Como vou de bicicleta para a praia?" e a resposta foi "Vai de barco." - enfim. 
Não fiquei mais do que o tempo do discurso e não ouvi a sessão de perguntas, espero que isso tenha sido captados por outros.

10898073_821124404613244_728478175924031


Fui entrevistado por duas estações de TV, lamento mas voltei a engasgar-me todo na defesa da causa, xorry lá mas não tenho à vontade com as câmaras. 

O que está feito é melhor do que o que lá estava, é verdade, mas na minha parca e humilde opinião não é solução para os meios de transportes suaves serem adoptados. 

Foi dito pelo presidente e já hoje tinha lido as palavras de uma vereadora que vai haver um concurso para outro troço de ciclovia com prazo de conclusão até 16 meses e a rondar os 4 milhões  de euros. Se não era mais simples usar uma faixa da marginal e potenciar seriamente o uso dos meios suaves de transporte.

(ver aqui essa notícia: http://pedais.pt/vereadora-de-oeiras-desconhece-projeto-de-ciclovia-na-marginal/)



250563_821124357946582_14675800833180978


Entrevista ao presidente da CMO sobre esta "ciclovia":
https://soundcloud.com/estradaviva/presidente-camara-de-oiras-pista-pedociclavel

A luta continua!
A mostrar artigos 1 a 5 de 476 | « Anteriores | Próximos » | 5, 10, ou 20 de cada vez.


Creative Commons License

O conteúdo deste site está sob uma licença Creative Commons BY-NC-SA.
Os direitos do conteúdo externo apresentado neste site são os definido pelos autores.
A apresentação de conteúdo externo neste site é feita com a autorização dos autores.

:-}
v15.01
Powered by HTML Purifier