Tapa e destapa e tapa de novo, mais uma estória dos "Funcionários"

@ Eu e as minhas bicicletas | 28/04/2015 às 10:29

Temas: [ bicicletas ] [ bicicultura ] [ bmx ] [ funcionários ]

(Na onda da sátira "Funcionários" do livro "Quotidiano Delirante" do artista Miguelanxo Prado segue mais uma estórias de pura ficção... estas minhas estórias são mesmo ficção, qualquer semelhança com a realidade serão pura coincidência).

"
- Boa-tarde senhor engenheiro! Olhe ligaram lá da obra da pista de BMX, sabe?
- Sim - rezingou o engenheiro - o que é que tem?
- É que aquele passadiço que fizeram em vez da ciclovia...
- Ciclovia, ciclovia, chatos do caraças com isso das ciclovias...
- Sim, bom, é que fizeram o passadiço mas parece que se esqueceram de passar a tubagem e vão ter de arrancar uma parte para fazer de novo...
- E então?
- E então que o empreiteiro diz que a culpa não é dele e isso não estava contemplado e assim o custo aumenta e vai ter de cobrar e...
- E então? - interrompeu o engenheiro.
- Errr, pois não sei senhor engenheiro... fica assim? Niguém é responsabilizado? 
- Ó rapaz, deixa lá isso, os fundos pagam a brincadeira, estás a ralar-te com miudezas... Tens de ler História e entender! Nós estamos a fazer um serviço ao País!
- Ai estamos?
- Claro, sabes a Grande Depressão? O Estado providenciava trabalho só para manter as pessoas ocupadas... enquanto uns abriam valas, passado uns dias vinham outros e tapavam valas. É o que nós fazemos! Damos trabalho.
- Ah, mas olhe que eu não sei se isso foi mesmo assim... - retorquiu o rapaz.
- Foi, foi...
- Hmm, acho que não! - finalizou o rapaz achando aquilo tudo muito estúpido.
"


IMG_20150427_092342.jpg

IMG_20150427_092440.jpg

IMG_20150427_092528.jpg

IMG_20150427_092600.jpg

Errar é humano!

Eu também erro muitas vezes. Bué!
E não devemos ter medo de fazer as coisas com receio de errar, devemos arriscar e tentar sempre, mesmo que depois algumas vezes corra mal...

No entanto isto é estúpido... desculpem a minha frontalidade, mas é estúpido.

O documento da CML onde está o projeto alto-nível onde se vê o esboço da ciclovia:
http://habitacao.cm-lisboa.pt/documentos/1366627018E2aAZ3ck1Gl04ZB1.pdf

planoBairroBoavista.jpg


Eu não sou contra a pista de BMX! Sou é contra estas prioridades em que se dá primazia a um equipamento de lazer e não se fazem passeios, não se arranjam as estradas com buracos, não se limpa a vegetação nas bermas, não se arranja a iluminação pública e não se sinaliza devidamente as vias...
-----------------------------

fotocycle [170] quem foi ao mar guardou o lugar

paulofski @ na bicicleta | 27/04/2015 às 13:13

Temas: [ fotocycle ] [ bicicultura ] [ devaneios apeados ] [ fotografia ] [ mar ] [ motivação ] [ outras coisas ] [ praia ]

quem foi ao mar guardou o lugar


-----------------------------

Ponto negro na Avenida Calouste Gulbenkian

@ Eu e as minhas bicicletas | 27/04/2015 às 11:31

Temas: [ acidente ] [ Avenida Calouste Gulbenkian ] [ bicicletas ] [ bicicultura ] [ passadeira ]

Porque o tema ainda está "quente" dado ter deixado aqui o alerta há pouco tempo, eis que senão quando hoje de manhã está o rescaldo de um acidente no "local do crime".

E para tratar do tema está lá o senhor agente que está de guarda à obra, e mais dois agentes que vieram no seu veículo oficial - nada contra, estão a fazer o seu trabalho.

IMG_20150427_093958.jpg

IMG_20150427_094040.jpg

As únicas coisas a apontar são:

1- O senhor agente condutor resolveu estacionar o carro onde não incomodasse o trânsito, motorizado, mas estacionou o carro em cima do passeio e quase em cima da ciclovia, e estava a ler pausadamente um jornal/folheto (não consegui ver bem)...

2- E o facto de se este é um "ponto negro" até para os acidentes automóveis e antes que morra alguém na passadeira porque não avisar quem de direito para mudar a passadeira e o semáforo?

Enfim, este ponto é fundamental para o cruzamento de trânsito pedonal e ciclável mas parece que ninguém se enxerga...

Só se baterem muitos carros é que vão mudar...?
-----------------------------

Primeira Massa Crítica de Oeiras

@ Eu e as minhas bicicletas | 24/04/2015 às 23:10

Temas: [ bicicletas ] [ bicicultura ] [ massa crítica ] [ oeiras ]

Primeira Massa Crítica de Oeiras, foi assim...

IMG_20150424_190552.jpg



-----------------------------

Where everybody knows your name...

@ Eu e as minhas bicicletas | 24/04/2015 às 11:35

Temas: [ bicicletas ] [ bicicultura ] [ chuva ] [ massa crítica ] [ oeiras ]

Hoje é dia de Massa Crítica, e para mais é dia da primeira Massa Crítica de Oeiras - ver detalhes aqui - e eu estou a tentar conciliar a vida para ir lá e participar neste evento que será histórico.

Só que S.Pedro não está a ajudar...
Apesar da chuvinha matinal lá me enchi de vontade e vim na Felicidade com calças e casaco impermeável. A chuva acabou por ser intensa e constante no meu commute.
Cheguei todo molhado ao trabalho e tive de mudar de roupa, até o calçado!
Felizmente tenho várias mudas de roupa já preparadas para situações destas - aliás há tempos andava à procura de umas certas calças e afinal estavam há meses no armário do trabalho. Duuh!

Hoje de manhã vinha com esta musiquinha na cabeça:

«
Wouldn't you like to get away? 
Sometimes you want to go 
Where everybody knows your name, 
and they're always glad you came. 
You wanna be where you can see, 
our troubles are all the same 
You wanna be where everybody knows Your name. 

You wanna go where people know, 
people are all the same, 
You wanna go where everybody knows your name. 

You wanna go where people know, 
people are all the same, 
You wanna go where everybody knows your name. 
»

https://www.youtube.com/watch?v=h-mi0r0LpXo

E porquê?
Porque ontem ao rolar na ciclovia da Duque de Ávila à ida para casa cruzo-me com um ciclista commuter, que não reconheci de imediato, mas que me cumprimentou "Olá Nurooooo!". E hoje de manhã em esforço com a chuvinha a fustigar-me a face e o ventinho a atrasar-me a pedalada cruzo-me com outro ciclista commuter, que conheci por causa destas lides, e ele reconhecendo-me encoraja-me: "Vá, força Nuroooooo!".

«
You wanna go where people know, 
people are all the same, 
You wanna go where everybody knows your name. 
»

CHEERS!

Num outro prisma, estava eu parado à chuva num semáforo de peões/bicicletas (sim, eu sou desses) e um jovem quarentão de óculos de sol (está um dia escuro, deve ser devoto do Abrunhosa) dentro do seu Audi a olhar para mim, pois o semáforo para a estrada também fica vermelho - é daqueles que está muita bem sincronizado e ficamos todos parados a olhar uns para os outros. Eu a olhar para ele. E ele a olhar para mim. E eu a olhar para ele! E a chuva a cair insistentemente. Eu estava de impermeáveis mas claramente molhado como um pinto. E ele a sorrir, e depois a rir no gozo... e eu sorri de volta e buzinei com a minha corneta.
Ficou totalmente desorientado.

couldbeinacar.png
(http://www.yehudamoon.com/)





-----------------------------

Como ensinar uma criança a andar de bicicleta

Ana Pereira @ Cenas a Pedal - Escola de Bicicleta | 23/04/2015 às 23:29

Temas: [ Condução de bicicleta ] [ De bicicleta com crianças ] [ bicicultura ] [ crianças ] [ técnicas ] [ vídeos ]

O CTC, em Inglatera, preparou um vídeo que mostra como ensinar uma criança pequena a andar de bicicleta [sem rodinhas, claro].

Mas um ainda melhor, muito mais completo, é este, que está fantástico:

Tempo, muito amor e paciência, e a sequência certa (e completa!) de exercícios, e os seus filhos dominarão facilmente a bicicleta. Se precisar de ajuda ou quiser atingir os melhores resultados no menor tempo possível e sem dramas, é inscrevê-los nas nossas aulas de condução! :-)

-----------------------------

está a chegar mais um Movimento Alternativo de Bicicletas…

paulofski @ na bicicleta | 22/04/2015 às 19:50

Temas: [ divulgação ] [ bicicletas bué de fixes ] [ bicicultura ] [ ciclismo urbano ] [ movimento alternativo ] [ Parque da Cidade ] [ partilha ] [ passeio ] [ pasteleiras e vintageiras ] [ Porto ] [ roda de amigos ]

… que este ano volta ao esquema habitual do piquenique no Parque da cidade do Porto seguido de passeio junto a foz e rio Douro.

A juntar-se neste evento vai estar todo tipo de bicicletas “alternativas”: customs, antigas, choppers, beach cruisers, oldschool bmx e fixies.

Movimento Alternativo 2015

“Tendo como um dos principais objetivos a divulgação dos novos trabalhos de personalização o MA tem refletido o que por cá se passa quando se fala de novas tendências .

Este ano voltamos ao estado “primitivo” que por si só é uma montra magnífica dos trabalhos por muitos de vocês realizados, por isso próximo dia 25 de Abril mantém-se o habitual pic nic nos jardins do Parque da Cidade a partir das 13H espero-vos com a família e amigos e claro com a bicicleta.

Parque oeste do Parque da Cidade
Às 13h

Peço o máximo de bom senso possível no uso e na partilha do parque e da ciclovia

Saída para passeio as 15h.

Contato: Filipe Carreiras – 93 848 0746″

facebook>> www.facebook.com/events/1433614616949349


-----------------------------

Ai a minha Prazeres!

@ Eu e as minhas bicicletas | 22/04/2015 às 12:15

Temas: [ bicicletas ] [ bicicultura ] [ suportes ]

Há muito muito tempo que não vinha na Prazeres para o trabalho mas agora que mudou a hora e os dias estão mais largos já não é preciso andar com luzes e tal pelo que voltei a pegar na fininha.

1.jpg

A questão é que eu não queria adulterar muito a Prazeres e como tal não a queria artilhar com ciclo-computador, com luzes, alforges e afins. Gosto dela tal qual ela é...
Mas... no entanto já fiz uns add-ons. Comprei uma bomba em promo (vê-se na foto de cima) e coloquei com o suporte, assim é menos uma coisa que tenho de carregar na mochilinha, e coloquei uns daqueles leds muito básicos só para desenrascar caso um dia saía mais no lusco-fusco.

Mas o "pièce de résistance" destes add-ons foram um pedais Zeus (da marca da bina) com toe-clips da Campagnolo e uns leather-straps azuis (tenho de ver se arranjo em vermelho ou em preto).

IMG_20150421_185549.jpg

Mas ainda não me habituei muito a estes pedais :(

Ontem de manhã estava o caooooos no trânsito motorizado e lá vinha a Prazeres a voar baixinho enquanto os carapaus e as sardinhas atrofiam dentro das suas latinhas.

2.jpg
(foto antiga mas dá para ilustrar a cena)

Ópá, mas esta gente não se toca? Acredito piamente que haja uma percentagem de pessoas que não tem mesmo outras possibilidades ou alternativas mas a grande maioria é simplesmente escrava do seu carro...

E num outro prisma... eu já tinha avisado que isto ia ser o caos, que ia haver uma praga, e depois? Como vai ser? É só bicicletas por todo lado... tantas... "enxames" delas a zumbir pelas ruas e estradas!

Vejam bem que lá no trabalho temos lugares de parqueamento para 25 bicicletas. E ontem apenas sobrou um lugar! UM LUGAR! Jesus nosso senhor, como é possível? Parece a praga dos gafanhotos descrita no testamento! Eles vão ocupar tudo!

Enviei uma missiva ao responsável do edifício com quem tinha falado há uns meses a pedir suportes em U (no ano passado e que após uns tempos foram lá colocados - ver aqui) a dar os parabéns pois a colocação de mais suportes redundou num grande sucesso e a questionar se não seria hora de ponderar colocar mais suportes (tipo, mandei o barro à parede).

Resposta passado apenas umas horitas:
"Muito boa tarde, estamos em franco progresso. 
É o sinal dos tempos. 
Estamos em mudança de hábitos mas não com a força e a convicção que devia estar instalada na comunidade. 
Na nossa cidade os condutores de 4 rodas, ou a maior parte, ainda vêm a bicicleta como um estorvo. 
Bom, vou providenciar o aumento da capacidade do parque."

Este Homem é um Senhor!
-----------------------------

das noticias, em Guimarães, Aveiro e Vila Real

paulofski @ na bicicleta | 22/04/2015 às 10:03

Temas: [ divulgação ] [ Aveiro ] [ bicicultura ] [ ciclovia ] [ coisas que leio ] [ Guimarães ] [ mobilidade ] [ motivação ] [ PSP ] [ segurança rodoviária ] [ Vila Real ]

Ecovia vai ligar o concelho de Guimarães de bicicleta

Ecovia Guimarães“A Câmara Municipal de Guimarães pretende iniciar, em 2016, a construção da primeira fase da Ecovia, unindo o percurso existente da Pista de Cicloturismo de Mesão Frio ao Parque da Cidade de Guimarães e à Veiga de Creixomil, num total de 19.66 quilómetros de via ciclável, já incluindo os percursos a efectuar na encosta de Mesão Frio, na antiga linha de caminho de ferro que liga à rotunda da Avenida D. João IV, na Rua das Eiras, no Caminho Real ao viaduto da Variante de Creixomil, entre outros.”…”

(continuar a ler em www.correiodominho.com)

Autarca de Ílhavo lamenta que A25 só tenha via para bicicletas do lado de Aveiro

Ilhavo“O presidente da Câmara de Ílhavo lamentou hoje que apenas tenha sido construída uma via paralela à A25 do lado de Aveiro, o que hoje dificulta a ligação às praias, por bicicleta, no seu município.

Fernando Caçoilo falava à Lusa à margem de uma visita a várias obras em curso, no âmbito das comemorações do 14º aniversário da elevação da Gafanha da Nazaré a cidade.

Uma delas é a futura pista ciclável para as praias, com “constrangimentos difíceis de resolver”, devido ao traçado da A25 e da Via de Cintura Portuária, em perfil de via rápida.

“Temos problemas que não são fáceis de resolver e pena foi que, quando a A25 foi construída, apenas tenha sido feita a via paralela desde Aveiro até ao nó da Friopesca e não ter ido até às praias. Essa sim tinha sido a grande solução”, afirmou.”…”

(continuar a ler e ver em www.rtp.pt)

PSP de Vila Real adquire bicicletas para patrulhar em locais de difícil acesso

PSP Vila Real“O centro histórico e os parques florestal e Corgo de Vila Real irão contar com policiais a patrulhar de bicicleta. O objectivo é reforçar o sentimento de segurança e dissuadir actos de vandalismo que preocupam a autarquia local.

O município vai colaborar com a aquisição de duas bicicletas, para os agentes poderem ir a locais onde a circulação automóvel é limitada, tal como os parques florestal e Corgo. Há registos de actos de vandalismo nestes parques periodicamente.

“A presença de agentes policiais tem um efeito dissuasor de alguns actos de vandalismo e também aumenta a segurança para quem lá passa, pois são locais muito procurados por pessoas que querem correr, caminhar ou fazer outras actividades físicas”, disse Rui Santos, presidente da câmara de Vila Real, à agência Lusa.

No entanto, este serviço já existe há quatro anos em Chaves, com três bicicletas e os polícias a percorrerem as zonas termal e ciclo pedonal, junto ao rio Tâmega.”

(via: portocanal.sapo.pt)


-----------------------------

Vai de bicicleta, despe o monstro

Ana Pereira @ Cenas a Pedal | 21/04/2015 às 13:25

Temas: [ Anúncios e Campanhas ] [ Causas ] [ Videos ] [ bicicultura ] [ campanhas ] [ ONGs ]

Aqui está uma campanha gira. :-) Às vezes carregamos um monstro dentro de nós. Andar de bicicleta ajuda a livrarmo-nos dele.

A mostrar artigos 11 a 20 de 478 | « Anteriores | Próximos » | 5, 10, ou 20 de cada vez.


Creative Commons License

O conteúdo deste site está sob uma licença Creative Commons BY-NC-SA.
Os direitos do conteúdo externo apresentado neste site são os definido pelos autores.
A apresentação de conteúdo externo neste site é feita com a autorização dos autores.

:-}
v15.01
Powered by HTML Purifier